Desenhar é o bicho: Cavalo-Marinho-Zebra!

Desenhar é o bicho: Cavalo-Marinho-Zebra!

2 12671

Por Vanessa Valentini

Ilustração: Vanessa Valentini (Bióloga e ilustradora)

O Cavalo-Marinho-Zebra tem uma cabeça parecida com a de um cavalo, uma cauda que lembra a de um macaco e uma “bolsa” semelhante a do canguru. Seus olhos são como os de um camaleão, movem-se independentemente um do outro e em todas as direções. Ele possui uma pele fina ao invés de escamas, com a coloração preta ou amarronzada e um padrão de listras brancas… Ou seja, cores que lembram muito as das zebras e essa semelhança serviu de inspiração para seu nome popular.

Mesmo que eles pareçam ser muito diferentes de tantos outros peixes no mar, pertencem à mesma classe que todos os outros peixes ósseos (Actinopterygii), como salmão ou atum! Os cavalos-marinhos formam o gênero Hippocampus, nome que surgiu a partir da fusão das  palavras gregas para cavalo (hippos) e monstro marinho (campus).

Esse peixe de aproximadamente 8 cm, tem a pele fina esticada sobre uma série de placas ósseas, assim tornando visíveis anéis ao redor do tronco e espinhos. Uma das características distintivas dessa espécie é um espinho proeminente bem acima dos olhos.

O Cavalo-Marinho-Zebra pode ser encontrado nas águas profundas (até 70 metros de profundidade) do oeste do Pacífico próximas a Papua-Nova Guiné e Austrália.

” Cavalo-Marinho-Zebra e seu belo padrão de listras!”

(Fonte : http://www.fishesofaustralia.net.au)1

O Cavalo-Marinho-Zebra, Hippocampus zebra, vive em recifes de coral como a Grande Barreira de Coral Australiana, que é uma imensa faixa de corais composta por cerca de 2900 recifes, 600 ilhas continentais e 300 atóis de coral, situadas entre as praias do nordeste da Austrália e Papua-Nova Guiné. Ela possui 2.300 quilômetros de comprimento!!! E largura variando de 20 km a 240 km!

Uma das características mais marcantes do Cavalo-Marinho-Listrado também faz parte de seu mecanismo de defesa! O seu padrão de cor “zebrado” funciona como camuflagem eficaz sobre os corais pretos e gorgônias ( um coral achatado de cor viva em forma de leque)  nos quais  ele costuma se prender usando sua cauda, o que o impede de ser levado pela água ou flutuar.

Ele nada com o corpo na vertical, movimentando rapidamente as suas barbatanas.

“Cavalo-Marinho-Zebra agarrado à um coral. “

(Fonte : http://www.saveourseahorses.org)2

Como a maioria dos cavalos-marinhos, essa espécie também é carnívora. Ele se alimenta sugando pequenas presas, como pequenos crustáceos que fazem parte do zooplâncton, os copépodes. Os copépodes são um grupo de crustáceos muito importante na composição da fauna de invertebrados aquáticos, sendo hoje conhecidas  cerca de 12000 espécies que  costumam viver em agregações próximas à superfície da água, que chegam a densidades populacionais superiores a 11000 indivíduos por litro!

” Um copépode ampliado por microscópio de luz”

(Fonte : http://museum.wa.gov.au)3

Os Cavalos-Marinhos-Zebra possuem características bem distintas entre os machos e as fêmeas, e são bem diferentes em relação aos outros grupos de animais… No caso dos cavalos-marinhos, em geral, quem fica “grávido” são os machos!!! A fêmea não possui útero, apenas ovário e um tubo ovipositor usando esse último para transferir os ovos para uma bolsa fechada localizada sob o abdômen do macho. O macho não só fertiliza os ovos dentro da bolsa, como oferece proteção física para os embriões em desenvolvimento.

Dois meses mais tarde, aproximadamente, os ovos se abrem e o macho realiza violentas contrações para expelir os filhotes, que chegam a mais ou menos 400. Esses são transparentes e pouco maiores que um centímetro. Sobem logo à superfície para encher suas bolsas de ar e desse modo, se equilibrarem na água. Eles logo ao nascerem já se tornam independentes de seus pais, mesmo sendo muito frágeis.

“Representação do Cavalo-Marinho-Zebra macho e fêmea”

(Fonte : http://seahorse.fisheries.ubc.ca)4

O Cavalo-Marinho-Zebra é uma espécie extremamente rara, com apenas poucos exemplares relatados e por viverem em águas bastante profundas, dificilmente são encontrados. O seu real estado de conservação não é conhecido.

As possíveis ameaças a esse animal são a exploração para uso como medicamentos da medicina tradicional chinesa, uso como peixes de aquário e destruição de seu hábitat.

Ele está protegido sob a Legislação australiana: Espécies marinhas listadas na Proteção do Meio Ambiente Federal e Lei de Conservação da Biodiversidade 1999 (EPBC Act 1999).

Agora que você já é quase um “expert” em Cavalo-Marinho-Zebra, que tal aprender a desenhá-los?

Assim você pode mostrar para seus amigos e família como são bonitos esses animais, além de arrasar na aulas de arte e com sua turma… chega de ligue os pontos!!! XP

Vamos lá então!!

Primeiro desenhe uma forma semelhante a um fone de ouvido na vertical .

Depois faça o contorno da cabeça e a boca.

Agora faça a  cauda, os olhos.

Para Finalizar, desenhe as barbatanas, o espinho em cima dos olhos e as listras… Depois é só colorir!!!

E….. voilá!!! Um belo Cavalo-Marinho-Zebra, meu caro artista!!!

E como o  ilustre Erik Per Sullivan diria:

“Lindo!! Espero que ele não seja alérgico à H2O como meu amigo Sheldon!!!”

(Fonte: http://los-angeles-usa.skyrock.com)5

 

Informações adicionais:

 

Disponível em: < http://seahorse.fisheries.ubc.ca/why-seahorses/species>

Disponível em: < http://www.fishbase.org/summary/52379>

Disponível em: < http://www.poseidonsrealm.com/zebra.htm>

Disponível em: < http://www.iucnredlist.org/details/40774/0>

Disponível em: < http://www.fishesofaustralia.net.au/home/species/1539#moreinfo>

 

1- Disponível em:< http://www.fishesofaustralia.net.au/home/

species/1539#summary>

2- Disponível em: < http://www.saveourseahorses.org/seahorses.

php#!prettyPhoto/72/ />

3- Disponível em:< http://museum.wa.gov.au/research/collections/aquatic-zoology/crustacea-section/maxillopoda/>

4-Disponível em: < http://seahorse.fisheries.ubc.ca/why-seahorses/species >

5-Disponível em < http://los-angeles-usa.skyrock.com/3060964855-

Erik-Per-Sullivan.html >

________________________________________________________________________

2 COMENTÁRIOS

  1. MD: Evident că exeÈimir™tti È™i chiar moderaÈ›ii trebuie să înÈ›eleagă că autocraÈ›ia È™i cenzura nu prea merge în lumea civilizată. Eu am dreptul să spun È™i să mă exprim cum vreau, tu ai dreptul să te simÈ›i jignit sau ofensat, dar sub nici o formă nu ai voie să ameninÈ›i cu moartea sau ceva similar.

Deixar uma resposta