Diário de Classe: Em tempos de dengue…

Diário de Classe: Em tempos de dengue…

0 668

Por Claudia Zamuner

Disponível em http://www.ioc.fiocruz.br/dengue/textos/sobreovirus.html

Estamos em tempo de prevenção contra a dengue, embora devêssemos prevenir qualquer doença em qualquer tempo, mas é obvio que esse relato é só a minha humilde opinião, enfim…

Pesquisando informações sobre a dengue em sites confiáveis vi a manchete que diz que no primeiro bimestre de 2014 os casos de óbitos provocados pelo vírus da dengue caíram até 95% e os casos graves da doença também tiveram queda de 84%.

A transmissão da dengue ocorre pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti. Este mosquito pica uma pessoa infectada e depois uma pessoa que está saudável. O vírus se multiplica no intestino do vetor até alcançar a saliva. Ao picar a vitima, o vírus é transmitido pela mesma.

A dengue se caracteriza por febre, dor de cabeça e mal-estar após 2-10 dias à picada. Uma vez infectado a pessoa cria anticorpo para o sorotipo que infestou o sistema imunológico.

A prevenção é simples, basta eliminar os focos onde a espécie do vetor se reproduz: água parada. Geralmente em regiões com alta densidade populacional e pouca cobertura vegetal.

Ovos do mosquito transmissor da dengue

Larvas do Aedes aegypti

Ao término de todas as minhas aulas sempre digo as mesmas palavras: “tchau pessoal, juízo, obedeçam pai, mãe, irmão mais velho, avô, avó, papagaio, periquito, cachorro, gato, etc; bebam água, usem filtro solar e comam blábláblá”. São brincadeiras diárias aos quais já estão acostumados, inclusive alguns dos meus alunos me dizem que sempre que falo para comerem determinado alimento é exatamente o que terá de jantar ou almoço; este tipo de brincadeiras ajudam na conscientização dos alunos.

E aproveitando os “tempos” de dengue preciso começar a incrementar minha frase diária e acrescentar: não deixe água parada!!!

 

Abraços, CZ

________________________________________________________________________

NENHUM COMENTÁRIO

Deixar uma resposta