DIÁRIO DE CLASSE – Você só dá aulas ou trabalha também?

DIÁRIO DE CLASSE – Você só dá aulas ou trabalha também?

0 1705

Imagem: http://www.decisivo.com.br/novo/admin/images/sala%20de%20aula%20comendador.jpg

Por Claudia Zamuner

Não importa o nome que se dê à esse profissional, pode ser professor (a), “fêssor (a)”, tia, dona ou o próprio nome, porquê não? Sempre tem uma pergunta que nós, professores, tios, donos, sempre ouvimos, nos indignamos e, por vezes, nos revoltamos, independente da região que ministramos nossas aulas e vocês já devem saber a qual pergunta estou me referindo: você só dá aulas ou trabalha também?

E é justamente sobre “dar aulas” que quero conversar hoje, conversar sim porque sei que você, que está lendo isso às vezes se pega respondendo alguma pergunta em voz alta, mexe a cabeça com sinal negativo ou positivo concordando ou não com o que está exposto nestas linhas, então aproveitando que estamos num diálogo e não num monólogo, me diga: dar aulas não é trabalhar???

Quando eu era pequena eu falava para minha mãe que quando crescesse seria “pefessora”; colocava todas as minhas bonecas sentadas de frente para a minha lousa e passava horas, segundo relatos, ensinando para essas minhas alunas “coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar…” e falava também que iria fazer biologia pois sonhava em nadar com tubarões brancos nos mares da Austrália. Não nadei com os tubarões brancos, ainda há tempo, mas me tornei “pefessora” e, ao invés de bonecas, tenho minhas turmas de cursos preparatórios para vestibulinho e Enem.

Enfim esse não é o foco de nossa conversa e vamos voltar à pergunta que tanto ouvimos e já até perdi a conta; somos uma classe de profissionais que viramos piadas dos demais, até meu marido brinca quando alguém pergunta a ele se trabalho e responde “não ela só dá aulas” e me olha com provocação.

E por ouvir tantas e tantas vezes até comecei a me questionar sobre isso e, quero que analisem comigo passo a passo do professor: antes de entrar em uma sala de aula e expor tudo o que acho necessário que os alunos saibam eu preciso (vamos relacionar):

1º saber o que falei na aula anterior para não ficar um vácuo entre uma e outra;

2º preparar a aula estudando o assunto, vendo notícias atuais que possam ser usadas em sala imaginar uma dinâmica que possa facilitar o processo de ensino-aprendizagem e, o mais importante, sempre ter em mãos o PLANO B, afinal nunca sabemos se o que planejamos vai ser possível de ser realizado;

3ª aprendi com um professor que RECORDAR É VIVER, então, como ele, toda aula se inicia com esse momento;

4ª expor pelo período que se estende a aula tudo que foi preparado, estudado, decorado, imaginado, etc;

5ª rebolar, plantar bananeira, cantar, contar piada, enfim qualquer coisa para segurar a atenção deles e saber se estão entendendo;

6ª estar disposta a ouvir de tudo e a todo o momento;

Deixe-me ver se acabou por aqui… ah não ainda tem mais…quando chegamos em casa ou estamos no intervalo entre uma aula e outra ou mesmo uma escola ou outra, temos:

-  folhas e mais folhas de exercícios, avaliações, trabalhos para corrigir. E corrigir não é só ver se está certo ou errado, é perceber o que não foi entendido, se está escrito com o português correto (é nessa hora que já vemos a vocação de alguns alunos para a medicina ou engenharia por conta das letras indecifráveis);

- precisamos refazer os passos 1 e 2 descritos acima pois no dia seguinte tem mais.

Analisando tudo isso, vamos ver se chegaram à mesma conclusão que a minha; às essas pessoas que perguntam se eu só dou aula ou se trabalho, batendo cartão todos os dias no mesmo horário, fazendo o mesmo trabalho, enfrentando os mesmos problemas só tenho uma resposta:  SÓ DOU AULAS, PORQUE DAR AULAS É UM DOM!!!!

E com esse orgulho de dizer que sou professora, “perfessora”, “fêssora, dona, tia, Claudia de ciências… que encerro essa nossa conversa de hoje, porque nada proporciona mais troca de experiências que o ambiente dentro de uma sala de aulas, entre o professor e o aluno.

Abraços e até a próxima, CZ.

“Quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender” Paulo Freire.

________________________________________________________________________


 

NENHUM COMENTÁRIO

Deixar uma resposta