Braga Paisagismo: Miniflorestas Urbanas

Braga Paisagismo: Miniflorestas Urbanas

0 555

Imagine aquela praça perto de sua casa como colaboradora para sua qualidade de vida! Imaginou? Aproveitar pequenos espaços urbanos não construídos/edificados com plantio de árvores nativas (frutíferas ou não) trará muitos benefícios aos moradores e usuários da região: Melhora da qualidade do ar, menos poeira, presença de pássaros, absorção de água da chuva (reduzindo chances de enchentes), redução de barulho, além de beleza cênica e umidade do ar. Independente da escala e proporção da minifloresta (ou floresta de bolso), a atitude de criar espaços verdes na cidade trás de volta a chance de pássaros e plantas frutíferas se estabelecerem novamente em seu habitat natural e que muitas vezes, caracterizou bairros da Cidade de São Paulo, comenta o botânico Ricardo Cardim, citando o bairro do Cambuci.

A sugestão é utilizar mudas pequenas (menor custo) e fácil tutoramento (estaquiamento), mas o importante é convidar alguém que conheça como as plantas se desenvolvem (portes, frutas, raízes e características gerais) para o bom desenvolvimento da minifloresta. Convoque seus vizinhos e pessoas interessadas a participar. Essa atitude dos moradores trará revitalização e valorização do bairro. Certifique-se na prefeitura local ou responsável pelo terreno antes de sair plantando geral!!

Estou à disposição e tenho alguns livros pra “desenrolar” projetos juntos!!

Fonte texto: http://www.funverde.org.br/blog/paulistanos-se-unem-para-criar-miniflorestas-publicas-na-cidade/ Acessado dia  28/04/2016 às 16:23h.

Fonte imagem: https://arvoresdesaopaulo.wordpress.com/2016/02/01/7-meses-depois-restauracao-florestal-em-sao-paulo-no-sistema-pocket-forest/. Acessado dia 28/04/2016, às 17:17h.

 

Diógenes P. Braga Jr – Paisagista

www.tersinapaisagismo.com.br

NENHUM COMENTÁRIO

Deixar uma resposta