Braga Paisagismo: Floricultura Sustentável

Braga Paisagismo: Floricultura Sustentável

0 797

O mercado de flor de corte é amplo e muito dinâmico, pois seus resultados dependem de investimento direto de tempo e insumos agrícolas e logísticos para que a produção chegue perfeita ao seu destino. Na região serrana do Estado do Rio de Janeiro, cidade de Nova Friburgo, um agricultor da cidade de Vargem Alta (Sr. Manoel Lage) adotou a utilização do residual como matéria orgânica através da compostagem de pétalas, caules, raízes de diferentes variedades, evitando a proliferação e criadouros de pragas e doenças.

Não havendo mais o descarte irregular do residual e, com a orientação técnica da Emater-Rio, perceberam a redução na quantidade utilizada de defensivos químicos para proteção e manutenção das flores, melhorando significativamente na saúde das plantas, qualidade do solo e do ar.

Com investimento relativamente baixo, na compra de uma máquina motopicadeira e construção de uma estrutura física para armazenar os insumos, os resultados dos testes nas estufas da propriedade são satisfatórios.

Acredito que entender o real ciclo de nossas atividades e qual importância da cadeia de valores do que produzimos e consumimos, compartilhando espaço, insumos, e vida, sejam o desafio do Brasil para as próximas duas décadas.

O que você acha? Leia na integra e compartilhe boas ideias!

Segue link da matéria: http://ciclovivo.com.br/noticia/floricultura-instala-sistema-compostagem-e-incidencia-de-pragas-diminui/

Acessado dia 18 de fevereiro de 2016 às 20:45h.

Diógenes Braga – Paisagista e Batera

www.tersinapaisagismo.com.br

NENHUM COMENTÁRIO

Deixar uma resposta