Braga Paisagismo: Como montar uma compostagem orgânica

Braga Paisagismo: Como montar uma compostagem orgânica

0 1218

Mensagem do Colunista: Olá Leitores do portal Aprenda.Bio e de nossa coluna de Paisagismo e Sustentabilidade! Desejamos um excelente ano de 2016 pra todos, acreditando na possibilidade de conquistar qualidade de vida e saúde através de práticas diárias, boas ações e sempre ecopositivas. Muito Obrigado!

 

Esse mês abordaremos a possibilidade de criar seu próprio adubo orgânico através de um vídeo da EMBRAPA que estruturou as etapas e os materiais de uma forma bastante rica e fácil de montar. O vídeo aborda quem possui áreas maiores, mas independente do tamanho de sua chácara, sítio, casa ou fazenda, você monta a compostagem de acordo com sua necessidade, dependendo da área disponível, da quantidade de insumos disponíveis que pode conseguir e disponibilidade de tempo pra realizar as etapas de forma correta e nos prazos aceitáveis, mas após os períodos determinados, você terá adubo orgânico e até substrato vegetal. É um tema que particularmente gosto bastante e estou cada dia aprendendo mais. Então, bora lá!

A compostagem pode ser definida como uma prática que reutiliza material residual orgânico animal ou vegetal (esterco de gado, restos de jardim, gramados e folhas de árvores, serragem, capins e etc.) que, após selecionados e agrupados de forma correta, passam por uma transformação biológica natural e tornam-se fertilizante orgânico ou húmus. Em caso de compostagem domiciliar, nunca utilizar alimentos industrializados ou que passaram por processo de fritura (arroz, óleo e etc). Nestes casos, cascas de frutas, residual do jardim, casca de ovo são bons insumos, lembrando que quanto mais diversificado ficar sua compostagem, o tempo pode aumentar para finalizar o composto orgânico caseiro.

Acredito que o mais importante dessa prática ou hábito é desmembrar a cadeia e o entendimento do que é lixo / resíduo que produzimos em nosso modelo urbano ou rural e descartamos frequentemente, rearranjando-os de uma forma que retorne ao ciclo de atividades e consumo de bens na cadeia de alimentos, como também, evitando prejudicar o meio ambiente.

Utilizar o resultado da compostagem (composto orgânico) melhora a qualidade do solo, evita erosão devido ao melhor enraizamento da vegetação, ou seja, ativa a vida do solo com microrganismos benéficos que se desenvolverão no solo.

Repasse pra quem conheça que seja agricultor ou possui uma área que aceite essa atividade. Converse com moradores que tenham interesse e possam trabalhar juntos. A economia compartilhada será a base para as relações de consumo e produção nos próximos anos.

Fonte:https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/1531818/video-mostra-como-fazer-adubo-organico-100-vegetal. Acessado dia 06 de janeiro de 2016 às 10:27h.

Fonte imagem: https://www.embrapa.br/image/journal/article?img_id=3288497&t=1433354246455

Mais infos: https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/2590148/compostagem-100-vegetal-sucesso-no-campo-e-na-internet

Diógenes Braga – Paisagista e Batera

www.tersinapaisagismo.com.br

NENHUM COMENTÁRIO

Deixar uma resposta